Entrevistas,  Para Você

Série “Buquê de Rosas” – Elisa Maltez

Olá, minhas rosas!

Na segunda entrevista da Série “Buquê de Rosas”, vamos entrevistar a Ortodontista Elisa Maltez.

Em um clima descontraído conversamos sobre a carreira, o mundo da odontologia, o mercado de trabalho e como é ter seu próprio consultório.

O segredo do sucesso de Elisa Maltez é o amor pela profissão! Foi possível observar ao longo da nossa conversa o quanto Elisa ama o que faz. E isso reflete diretamente em seu trabalho.

Eu sou uma prova viva de sua dedicação e competência, pois graças a ela hoje posso sorrir sem medo e ainda recebo muitos elogios pelo meu sorriso. Elisa é muito mais que uma dentista, ela é uma “fazedora de sorrisos”.  Uma pessoa que permite que você não tenha medo de mostrar a beleza do mundo com uma simples forma de expressão.=D

Espero que você que sonha em se tornar odontologista, ou busca um caminho para sua vida profissional, consiga nesta entrevista esclarecer algumas das suas dúvidas e/ou encontrar um incentivo para continuar caminhando.

Elisa Maltez é graduada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Especialista em Ortodontia e Ortodontia Avançada pela São Leopoldo Mandic, pós- graduada em odontologia do sono pelo CRO/MG, além de ter capacitação em Alinhadores Estéticos.

La Rosa Blanca – Gostaria que contasse um pouquinho de como foi o caminho até escolher sua profissão atual.

Elisa Maltez Eu não me lembro direito como foi que escolhi minha profissão, mas recordo que eu sempre quis ser dentista. Já era a área odontológica a minha escolha, tanto que eu só fiz vestibular para odontologia. E não tive influência nenhuma na minha família, porque ninguém trabalha nessa área. Eu que acabei influenciando minha irmã, que seguiu os passos da odontologia assim como eu.

 

L.R.B – Qual é a maior dificuldade para um profissional da área odontológica atualmente?

E.M. – A maior dificuldade é começar o trabalho, porque o investimento é alto e os pacientes em geral não valorizam muito nosso trabalho. Os planos de saúde também têm dificultado bastante o trabalho do odontologista, pois a maioria dos planos pagam mal.

Para quem está formando, nós vemos que é muito difícil. Os profissionais que já estão há mais tempo no mercado já possuem seus pacientes, mas os novos demoram a conseguir os seus.

L.R.B – Todo mundo pensa, que ser dono do próprio negócio é somente flores, você poderia citar os
prós e os contras de se ter  o seu próprio consultório?

E.M – As vantagens de ter se o próprio negócio é você poder fazer a sua agenda, escolher o horário que quer trabalhar.

Mas há muitos contras também. Nós não temos férias, décimo-terceiro salário. Eu, por exemplo, não pude tirar minha licença maternidade. É diferente de ser um empregado, pois se você não trabalha você não recebe.

L.R.B – O que atualmente te motiva a trabalhar nesta área?

E.M – O que me motiva é o amor pela odontologia, isso que me motiva a trabalhar. Eu amo o que eu faço, independente do retorno financeiro, eu amo meu trabalho. Minha filha, minha família… eles também são minha motivação. Eu amo trabalhar!

L.R.B – Qual é a maior dificuldade que viveu na sua profissão?

E.M – Foi quando a Laura nasceu e eu tive que voltar a trabalhar quando ela ainda tinha só 15 dias de vida. Então, foi uma situação difícil ter que ficar indo e voltando para casa para poder amamentar e até hoje quando ela fica doentinha, eu tenho que fazer isso. Acho muito difícil sair de casa quando sua filha precisa de você.

L.R. B – O que você ainda sonha para sua carreira?

E.M – Eu sonho em continuar onde estou com a odontologia. Eu quero fazer mestrado, poder dar aula em alguma faculdade de odontologia. Mas, por enquanto, com a Laura pequena está difícil de realizar isso, mas eu sonho em continuar com a ortodontia, que é uma área que eu amo.

L.R.B – Qual é o maior erro que os novos profissionais da área vêm cometendo?

E.M – Eu acredito que o maior erro deles é querer começar tendo o próprio consultório porque é muito difícil no começo. Os gastos são altos e os pacientes demoram a vir. As pessoas que formaram agora deveriam começar trabalhando com outras pessoas, para ganhar experiência em relação à prática da odontologia e os gastos de um consultório.

É preciso conhecer a realidade diária de um consultório antes de abrir o seu próprio negócio.

Pode haver suas exceções, mas, no geral, o dentista não sabe administrar seu consultório. Por causa disso deixamos nas mãos de outras pessoas o cuidado com a parte burocrática e nem sempre conseguimos funcionários confiáveis. Eu sempre dei sorte, mas acho que é um grande erro deixar seu consultório nas mãos dos outros.

Outro erro que vejo é que muitos jovens querem formar e não fazer mais curso. Nós temos que continuar estudando, a maneira de nos atualizarmos é estudando, pois sempre aparecem novas té
cnicas e novos meios de facilitar o trabalho e conseguir melhores resultados para o paciente. Eu sou uma que nu
nca parei de estudar e nem posso parar.

L.R.B – Gostaria que desse uma dica para as pessoas que sonham em ingressar no setor da odontologia. O que fazer, e o que não fazer?

E.M – O que fazer? Estudar muito.

Outra coisa, não se pode escolher a odontologia pensando em dinheiro. Não só a odontologia, não podemos escolher profissão nenhuma, pensando unicamente no financeiro. Claro que não podemos ignorar a questão financeira na hora de escolher a profissão, porque isso é muito importante, mas não podemos escolher só pelo lado financeiro.

É preciso saber que a odontologia não é só “mexer com a boca” do paciente, atualmente nós somos quase psicólogos dos pacientes. É preciso conhecer a vida do paciente isso tudo ajuda no seu atendimento. E tem que gostar desta área de se relacionar com pessoas.

L.R.B – Você poderia deixar uma mensagem para as pessoas que estão começando.

E.M – Desejo sorte e que tenham a mesma sorte que eu tive de ter sempre pessoas boas trabalhando comigo e que consigam o sucesso profissional que eu consegui. Desejo sorte e que amem o que façam porque fazendo o que gostam eles vão conseguir ir longe.

Caso precisem de uma profissional para cuidar do seu sorriso, recomendo de olhos fechados a Dra. Elisa Maltez, ela realmente mudou o meu jeito de sorrir.

Vou deixar o seu telefone de contato e link de sua página no facebook. -> Elisa Maltez Ortodontia Especializada.

Contato: (31) 3831 1673

Espero que tenham gostado minhas rosas.

Deixem seus comentários no final do post, eles são muito importantes para o crescimento do blog.

Beijos.

:*

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *